Agenda

Tome nota dos principais eventos relativos ao universo do violão em todas as regiões do país, Divulgue seu show neste espaço, enviando os dados para nossos contatos. As colaborações voluntárias são fundamentais para ampliar a divulgação da diversidade regional que caracteriza o violão brasileiro.

29/04/17

20h - Quarteto Abayomi na Série Tríade Vioesp 2017 em Santo André SP

Local: Tríade Instituto Musical (Rua João Leda, 79, Centro - Santo André - SP

02/05/17

21h - Paulo Martelli em São Paulo

Local: Auditório do MuBE - Museu Brasileiro de Escultura e Ecologia (Av. Europa, 218 - Pinheiros, São Paulo)

05/05/17

19h - Orquestra de Violões do Instituto Carlos Gomes

Local: Instituto Estadual Carlos Gomes (Av. Gentil Bitencourt, 977. Belém, Pará) - Entrada franca

É o primeiro recital da Orquestra de Violões do Conservatório Carlos Gomes em 2017. No programa, peças de compositores brasileiros e estrangeiros de variados estilos musicais.

06/05/17

16h30 - Quarteto Abayomi no Sesc Campinas

Local: Sesc Campinas

Vencedor do Mapa Cultural Paulista (Edição 2009/2010) na categoria Música Instrumental, o Quarteto Abayomi é formado por Gabriele Leite, David Gomes, Juliana Oliveira e Josiane Gonçalves. O grupo tem como objetivo pesquisar e divulgar música folclórica e urbana brasileira a partir do começo do século XX, utilizando-se de uma formação inusitada: quatro violões e voz. O primeiro CD “Delicado” rendeu a pré-seleção para 24o Prêmio da Música Brasileira e críticas como a do violonista Sérgio Assad: “Abayomi é um quarteto de violões genuíno e comovente. Eles reúnem qualidades que resgatam a simplicidade e autenticidade das músicas que executam. A brasilidade pura e singela está presente em todas as faixas do primeiro CD do grupo, intitulado "Delicado". Um lindo trabalho”. O grupo vem se apresentando em diversos festivais e séries, como: I Semana do Violão em São João del Rei-MG, III, IV e V Encontro Internacional de Violonistas (Tatuí-SP), Violão no MASP (São Paulo) e Movimento Violão (recital gravado ao vivo pelo SESC TV). No repertório, que faz uma homenagem à cantora de choro Ademilde Fonseca, grandes nomes como: Pixinguinha, Ernesto Nazareth, Waldir Azevedo, Jacob do Bandolim, entre outros.

06/05/17

20h - Guilherme Girardi Quinteto em São Paulo

Local: Centro Brasileiro Britânico - CBB (Rua Ferreira de Araújo, 741, São Paulo)

Integrantes: Guilherme Girardi - violão de 7 cordas Paulinho Leme - acordeon e piano Charles Barreto - cavaco Murilo Begnami - violão de 7 cordas Xeina Barros - percussão Acompanhado do seu quinteto, o violonista e compositor Guilherme Girardi traz a público um apanhado de seu extenso trabalho autoral, com choros, valsas, lundus, schottishs, maxixes e outras sonoridades. Girardi integra alguns dos principais projetos de choro da atualidade e reúne em sua carreira shows em teatros, SESCs e Universidades nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso. No quinteto, sobe ao palco ao lado dos músicos Paulinho Leme (acordeon e piano), Charles Barreto (cavaco), Murilo Begnami (violão de 7 cordas) e Xeina Barros (percussão). A concepção e direção desse projeto é de Cris Caner, cantora, atriz e produtora cultural, que completa 33 anos carreira na área artística. A realização é do Cultura Inglesa . Os apoiadores são: o artista plástico Marcos Pereira de Almeida do Conjunto 31 de criação, Mello & Mellão trattoria, Almoreis Comunicação e Web. Projeto pedagógico Carlos Canelli

15/05/17

21h - Duo Sai Conde e Guilherme Lamas em Campinas

Local: Cultural Clube Círculo Militar, Campinas - SP.

O Duo Sai Conde e Guilherme Lamas teve início em 2015, quando do ingresso de Sai Conde (Colombiano) e Guilherme Lamas (Brasileiro) no mestrado da Unicamp, local onde os músicos se conheceram e iniciaram o projeto. Sai Conde toca a Bandola (instrumento típico Colombiano) e Guilherme Lamas o Violão 7 Cordas de Aço (instrumento típico Brasileiro). Os arranjos do Duo são elaborados de modo híbrido, porém em sua grande parte a Bandola se destaca como solista e o 7 Cordas de Aço se encarrega da condução harmônica e melódica na região grave do instrumento. O álbum “O Alvorecer” é um encontro musical sem fronteiras e também uma homenagem ao compositor brasileiro Ernesto Nazareth.

19/05/17

19h - Duo Maia - Recital comemorativo 10 anos

Local: Teatro Ziembinski ( R. Urbâno Duarte, 30 - Tijuca, Rio de Janeiro)

Os gêmeos cariocas Thadeu e Raphael Maia iniciaram os estudos musicais em 1998, na guitarra elétrica, e em 2002 passaram a estudar na Escola de Música Villa-Lobos. Em 2009 aprimoram conhecimentos com Nelson Faria. Já participaram de diversas master classes com grandes violonistas. O Duo Maia tem se apresentado nas maiores séries de música clássica do Rio de Janeiro. Participaram do CD AV-Rio vol III, gravaram uma faixa para o disco do compositor Luís O. Braga. Recentemente gravaram um concerto ao vivo no programa de TV Partituras. Participaram também de programas na Rádio MEC. Atualmente preparam as gravações do primeiro CD do duo, juntamente com o novo projeto voltado para guitarra de sete cordas, na elaboração das transcrições e gravações das 15 invenções do compositor J.S.Bach. REPERTÓRIO DUO MAIA - Santa Ceia Segundo Atha (L.C. Barbieri) - Allemande (J. P. Rameau) - Sonata K-1 L366 (D. Scarlatti) - Toccata K-141 (D. Scarlatti) - Senhorinha (Guinga) - Catavento e girassol (Guinga) - Recife dos Corais (Sergio Assad) - Suíte Norte, Sul, Leste, Oeste (Hermeto Pascoal) - Pixinguinha (Radamés. Gnatalli) - Prelúdio e fuga em C#menor (M.C. Tedesco) - Prelúdio e fuga em Eb. (M.C. Tedesco) - Orgia (J. Turina)

19/05/17

20h - Duo Sai Conde e Guilherme Lamas em Jundiaí

Local: Centro Cultural Dodecafônico, Jundiaí - SP.

O Duo Sai Conde e Guilherme Lamas teve início em 2015, quando do ingresso de Sai Conde (Colombiano) e Guilherme Lamas (Brasileiro) no mestrado da Unicamp, local onde os músicos se conheceram e iniciaram o projeto. Sai Conde toca a Bandola (instrumento típico Colombiano) e Guilherme Lamas o Violão 7 Cordas de Aço (instrumento típico Brasileiro). Os arranjos do Duo são elaborados de modo híbrido, porém em sua grande parte a Bandola se destaca como solista e o 7 Cordas de Aço se encarrega da condução harmônica e melódica na região grave do instrumento. O álbum “O Alvorecer” é um encontro musical sem fronteiras e também uma homenagem ao compositor brasileiro Ernesto Nazareth.

20/05/17

21h - Duo Sai Conde e Guilherme Lamas em São Paulo

Local: Centro Cultural Brazileria, São Paulo - SP.

O Duo Sai Conde e Guilherme Lamas teve início em 2015, quando do ingresso de Sai Conde (Colombiano) e Guilherme Lamas (Brasileiro) no mestrado da Unicamp, local onde os músicos se conheceram e iniciaram o projeto. Sai Conde toca a Bandola (instrumento típico Colombiano) e Guilherme Lamas o Violão 7 Cordas de Aço (instrumento típico Brasileiro). Os arranjos do Duo são elaborados de modo híbrido, porém em sua grande parte a Bandola se destaca como solista e o 7 Cordas de Aço se encarrega da condução harmônica e melódica na região grave do instrumento. O álbum “O Alvorecer” é um encontro musical sem fronteiras e também uma homenagem ao compositor brasileiro Ernesto Nazareth.

21/05/17

17h - Duo Sai Conde e Guilherme Lamas em Campinas

Local: Conservatório Pro Música, Campinas - SP.

O Duo Sai Conde e Guilherme Lamas teve início em 2015, quando do ingresso de Sai Conde (Colombiano) e Guilherme Lamas (Brasileiro) no mestrado da Unicamp, local onde os músicos se conheceram e iniciaram o projeto. Sai Conde toca a Bandola (instrumento típico Colombiano) e Guilherme Lamas o Violão 7 Cordas de Aço (instrumento típico Brasileiro). Os arranjos do Duo são elaborados de modo híbrido, porém em sua grande parte a Bandola se destaca como solista e o 7 Cordas de Aço se encarrega da condução harmônica e melódica na região grave do instrumento. O álbum “O Alvorecer” é um encontro musical sem fronteiras e também uma homenagem ao compositor brasileiro Ernesto Nazareth.

21/05/17

19h - Quaternaglia comemora 25 anos com show em São Paulo

Local: Auditório Ibirapuera (Av. Pedro Álvares Cabral, Portão 2, parque Ibirapuera, São Paulo, SP). Ingressos: R$ 20.

O Quaternaglia é formado pelos violonistas Chrystian Dozza, Fabio Ramazzina, Thiago Abdalla e Sidney Molina. O grupo utiliza três violões de seis cordas e um violão de sete cordas especialmente construídos pelo luthier brasileiro Sérgio Abreu. A primeira apresentação do grupo aconteceu em junho de 1992 na PUC. Nesses 25 anos, o Quaternaglia lançou 8 CDs, gravando 25 obras originais, sendo 50 dedicadas ao quarteto por compositores brasileiros. O último CD, Xangô, foi lançado no ano passado. Além de inúmeras apresentações por todo o país, estiveram várias vezes nos Estados Unidos, Austrália, Portugal, Espanha, Uruguai, Argentina e em uma viagem histórica em Cuba com Leo Brower de anfitrião. Entre os prêmios: “Ensemble Prize” no “Concurso Internacional de Violão de Havana” e "Prêmio Carlos Gomes" como "melhor grupo de câmara do ano" com o CD Antique, contendo transcrições de obras renascentistas e barrocas.

25/05/17

21h - Duo Sai Conde e Guilherme Lamas em Campinas

Local: Centro Cultural Senzala, Clube Hípica, Campinas - SP.

O Duo Sai Conde e Guilherme Lamas teve início em 2015, quando do ingresso de Sai Conde (Colombiano) e Guilherme Lamas (Brasileiro) no mestrado da Unicamp, local onde os músicos se conheceram e iniciaram o projeto. Sai Conde toca a Bandola (instrumento típico Colombiano) e Guilherme Lamas o Violão 7 Cordas de Aço (instrumento típico Brasileiro). Os arranjos do Duo são elaborados de modo híbrido, porém em sua grande parte a Bandola se destaca como solista e o 7 Cordas de Aço se encarrega da condução harmônica e melódica na região grave do instrumento. O álbum “O Alvorecer” é um encontro musical sem fronteiras e também uma homenagem ao compositor brasileiro Ernesto Nazareth.

26/05/17

20h - Duo Sai Conde e Guilherme Lamas em Campinas

Local: Auditório da Adunicamp, Barão Geraldo, Campinas - SP.

O Duo Sai Conde e Guilherme Lamas teve início em 2015, quando do ingresso de Sai Conde (Colombiano) e Guilherme Lamas (Brasileiro) no mestrado da Unicamp, local onde os músicos se conheceram e iniciaram o projeto. Sai Conde toca a Bandola (instrumento típico Colombiano) e Guilherme Lamas o Violão 7 Cordas de Aço (instrumento típico Brasileiro). Os arranjos do Duo são elaborados de modo híbrido, porém em sua grande parte a Bandola se destaca como solista e o 7 Cordas de Aço se encarrega da condução harmônica e melódica na região grave do instrumento. O álbum “O Alvorecer” é um encontro musical sem fronteiras e também uma homenagem ao compositor brasileiro Ernesto Nazareth.

10/06/17

11h - Duo Sai Conde e Guilherme Lamas em Campinas

Local: Pontes Musicais, Livraria Pontes, Centro, Campinas - SP.

O Duo Sai Conde e Guilherme Lamas teve início em 2015, quando do ingresso de Sai Conde (Colombiano) e Guilherme Lamas (Brasileiro) no mestrado da Unicamp, local onde os músicos se conheceram e iniciaram o projeto. Sai Conde toca a Bandola (instrumento típico Colombiano) e Guilherme Lamas o Violão 7 Cordas de Aço (instrumento típico Brasileiro). Os arranjos do Duo são elaborados de modo híbrido, porém em sua grande parte a Bandola se destaca como solista e o 7 Cordas de Aço se encarrega da condução harmônica e melódica na região grave do instrumento. O álbum “O Alvorecer” é um encontro musical sem fronteiras e também uma homenagem ao compositor brasileiro Ernesto Nazareth.

10/06/17

20h - Duo Sai Conde e Guilherme Lamas em São Paulo

Local: Espaço 91, São Paulo - SP.

O Duo Sai Conde e Guilherme Lamas teve início em 2015, quando do ingresso de Sai Conde (Colombiano) e Guilherme Lamas (Brasileiro) no mestrado da Unicamp, local onde os músicos se conheceram e iniciaram o projeto. Sai Conde toca a Bandola (instrumento típico Colombiano) e Guilherme Lamas o Violão 7 Cordas de Aço (instrumento típico Brasileiro). Os arranjos do Duo são elaborados de modo híbrido, porém em sua grande parte a Bandola se destaca como solista e o 7 Cordas de Aço se encarrega da condução harmônica e melódica na região grave do instrumento. O álbum “O Alvorecer” é um encontro musical sem fronteiras e também uma homenagem ao compositor brasileiro Ernesto Nazareth.

27/06/17

11h - Duo Sai Conde e Guilherme Lamas em São Paulo

Local: Bistrô Esmeralda, São Paulo - SP.

O Duo Sai Conde e Guilherme Lamas teve início em 2015, quando do ingresso de Sai Conde (Colombiano) e Guilherme Lamas (Brasileiro) no mestrado da Unicamp, local onde os músicos se conheceram e iniciaram o projeto. Sai Conde toca a Bandola (instrumento típico Colombiano) e Guilherme Lamas o Violão 7 Cordas de Aço (instrumento típico Brasileiro). Os arranjos do Duo são elaborados de modo híbrido, porém em sua grande parte a Bandola se destaca como solista e o 7 Cordas de Aço se encarrega da condução harmônica e melódica na região grave do instrumento. O álbum “O Alvorecer” é um encontro musical sem fronteiras e também uma homenagem ao compositor brasileiro Ernesto Nazareth.

27/06/17

18h30 - Quarteto Abayomi na Biblioteca Mário de Andrade

Local: Biblioteca Mário de Andrade (R. da Consolação, 94 - Consolação, São Paulo)

14/07/17

18h - João Carlos Victor no 25° Liechtensteiner Gitarrentage ligita

Local: Musikschulzentrum Eschen