Pesquisador revela história do violão em Goiânia a partir de três solistas

Historia-do-violao-em-Goiania
O Acervo Digital do Violão Brasileiro publica nesta segunda-feira (18/02) a dissertação de mestrado “Três momentos do violão solista em Goiânia”, escrita por Vinicius Mauricio Queiroz Hipólito da Silva para a Escola de Música e Artes Cênicas da Universidade Federal de Goiás. O objetivo do trabalho é analisar a tradição do violão solista na cidade de Goiânia por meio do estudo da trajetória dessa prática desde o final do século XIX até o momento.

Chrystian Dozza inagura vídeos do Acervo sobre viola caipira

Chrystian-Dozza
Aos poucos o Acervo do Violão Brasileiro vai entrando no universo da viola caipira, instrumento irmão do violão e também tocado por vários violonistas. Na próxima segunda-feira (11/02) o portal lançará pela primeira vez um vídeo sobre viola caipira, com Chrystian Dozza interpretando Minas, de sua autoria. Produzido pelo próprio Dozza, o clipe foi filmado e editado por Renato Soares, com edição de som por Eduardo Avellar.

Acervo disponibiliza artigo sobre vida e obra do violonista e compositor Amaro Siqueira

Amaro-Siqueira
O Acervo Digital do Violão Brasileiro publica nesta segunda-feira (04/02) o artigo "Amaro Carvalho de Siqueira: compositor, concertista e precursor do ensino de violão em Natal", escrito por Alexandre Henrique de Siqueira para o VIII Simpósio Internacional de Musicologia.

Iroko Trio estreia nova temporada de vídeos no Acervo Violão Brasileiro

Iroko-Trio-Egberto-Gismonti-Elodie-Bouny
A partir desta segunda-feira (28/01) o Acervo Violão Brasileiro estreia a nova temporada de vídeos exclusivos. E o primeiro lançamento é do maravilhoso Iroko Trio, formado pela venezuelana Carla Rincón (violino), o carioca Marcelo Caldi (sanfona) e a francesa Elodie Bouny (violão). O clipe inédito é “Memória e Fado” (Egberto Gismonti), em lindo arranjo de Elodie.

Quando Leo Brouwer fez uma homenagem a Villa-Lobos, por Fabrício Ferreira

Leo-Brouwer-homenagem-a-Villa-Lobos
O artigo "Quando Leo Brouwer fez uma homenagem a Villa-Lobos", escrito por Fabrício Ferreira, visa mostrar a homenagem feita pelo compositor cubano Leo Brouwer (1939) a Heitor Villa-Lobos (1887-1959), em seus Nuevos Estudios Sencillos (2001), reconhecendo assim o valor histórico de sua obra e influência, colocando o brasileiro ao lado de nomes como Debussy, Stravinsky, Prokofief, entre outros nomes homenageados. Os dados estão fundamentados em uma análise preliminar do Estudio Sencillo 8 – Ommaggio a Villa-Lobos e são balizados em autores diversos, tais como Prada (2015), Zanon (2004), Amorim (2015), entre outros.
< POSTS MAIS RECENTES
NIG

Tags