Cursos, palestras e seminários

Paola Picherzky conta a trajetória musical de Armando Neves em palestra no Sesc SP

Gravações, partituras, fotos inéditas e documentos raros do grande compositor Armando Neves serão apresentados pela violonista Paola Picherzky, em palestra que dará nesta quarta-feira (19), no Centro de Pesquisa e Formação do Sesc SP (Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar, Bela Vista). Neste encontro serão mostradas as fontes pelas quais a pesquisadora traçou a trajetória profissional e biográfica do compositor paulista. As inscrições pela internet podem ser realizadas até esta terça-feira (18). Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades do Sesc SP.

A carreira solo de Paola é fortemente marcada pelo resgate da obra do compositor Armando Neves, conhecido como Armandinho. Em 2004, ela gravou o aclamado o disco solo 18 choros de Armando Neves, fruto de sua pesquisa de mestrado na Universidade Estadual Paulista (UNESP), intitulada Armando Neves: Choro no Violão Paulista. Com a gravação e a dissertação, além da catalogação completa das composições de Armando Neves, a violonista ajudou a revitalizar a vida e a obra desse grande compositor brasileiro, que foi gravado inclusive pelo escocês David Russel, no CD Sonidos Latinos.

Em 2015 Paola Picherzky lançou o CD Armando Neves: Outras Composições, num total de 15 peças de Armandinho. Ao contrário do primeiro disco, que é dedicado a choro, este abrange vários outros gêneros como prelúdio, valsa e maxixe. Faixas selecionadas de ambos os discos podem ser ouvidos aqui na Discografia do Acervo Digital do Violão Brasileiro. Mestre pela Unesp, Paola atua na área pedagógica da FASCS e faculdades Santa Marcelina e FMU e é integrante do grupo Choronas.

Mais sobre Armando Neves

Autor de Guru, Doloroso, O Dono da Bola, Choros no 2, Choro no 4 Pinheirada (esta última em parceria com João Pernambuco), Armando Neves compôs mais de 70 peças e representa um dos grandes nomes do violão solista de caráter popular no Brasil. Depois de passar por períodos que alternaram entre grande reconhecimento – principalmente quando esteve contratado pela Rádio Record – e ostracismo, suas obras aos poucos vêm novamente recebendo reconhecimento.

No final dos anos 1920, integrou o grupo Turunas Paulistas, em espetáculo idealizado pelo ídolo Américo Jacomino. Em 1927, Armandinho iniciou seus trabalhos na Rádio Educadora Paulista, mudando-se para a Rádio Record no ano seguinte. Fez parte de alguns grupos musicais e regionais, tendo se apresentado com Os 8 Turunas e os Batutas Paulistanos. Em paralelo à música, atuou também como jogador de futebol até 1929.

Armandinho tinha relação especial com outros músicos que o admiravam. Sua casa, no bairro do Glicério, em São Paulo, sempre foi ponto de encontro de músicos como Vital Medeiros, Garoto, Geraldo Ribeiro e Antônio Rago, sendo que alguns deles iam exclusivamente para ouvir Armando Neves tocar e para escrever partituras dessas músicas.

Centro de Pesquisa e Formação do Sesc SP

Coordenado pela pesquisadora e violonista Flávia Prando, o Centro de Pesquisa e Formação do Sesc SP tem como proposta fazer a articulação da produção de conhecimento, formação e difusão. De acordo com o site do Sesc SP, o espaço promove o trânsitos e as trocas entre o saber fazer da instituição, os dados, informações e pesquisas existentes, bem como as temáticas permanentes, transversais e emergentes envolvendo educação e cultura.

O Centro de Pesquisa e Formação é composto por três núcleos: o Núcleo de Pesquisas, que se dedica à produção de bases de dados, diagnósticos e estudos em torno das ações culturais e dos públicos; o Núcleo de Formação promove encontros, palestras, oficinas e cursos; o Núcleo de Publicações e Difusão se volta para o lançamento de trabalhos nacionais e internacionais que ofereçam subsídios à formação de gestores e pesquisadores.

Serviço:

Local: Centro de Pesquisa e Formação do Sesc SP (Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar, Bela Vista)

Dia: Quarta-feira - 19 de outubro

Hora: 14h até às 16h

Ingressos: R$ 4,50 a 15,00

Inscrições: pela internet até esta terça-feira (18). Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades do Sesc SP

VOLTAR
NIG

Tags